La Flèche du Sud e o vale do Kayl


06 June 2023

La Flèche du Sud e o vale do Kayl

 

Quer seja um adepto do ciclismo ou não, se vive no Val de Kayl ou nos arredores, não pode deixar de conhecer a famosa corrida de bicicleta Flèche du Sud, que se realiza alguns dias por ano em cada um dos nossos municípios.

 

Sabia que começou em 1949, em Esch, claro, e sob a égide do jornal diário de Esch, Tageblatt? Assim, há quase 75 anos que a Flèche du Sud se tornou não só uma etapa incontornável das grandes provas de ciclismo da Grande Região e do BeNeLux, mas também muito para além disso, pois trata-se de uma competição de renome, onde muitos ciclistas brilharam aqui ou noutros locais, em competições internacionais com os nossos vizinhos belgas e franceses, noutras divisões ou não!...

 

A corrida faz parte do circuito UCI Europe Tour há 18 anos (2005) na categoria 2.2 e está aberta a qualquer equipa profissional luxemburguesa, regional, nacional/europeia, ou mesmo a qualquer equipa de clube destas últimas zonas geográficas; apenas podem participar equipas profissionais de primeira divisão (UCI Pro Teams).

 

Desde o seu início, e com excepção de três anos em que a corrida não se realizou (1950, na sequência de um desacordo entre os dois clubes de ciclismo fundadores de Esch, Union Cycliste Esch e Vélo Sport Esch (que se fundiram em 1986), depois 2020 e 2021, claro, devido à pandemia), esta corrida por etapas no sul do país tem sido um dos eventos emblemáticos para os ciclistas amadores. Ciclistas famosos, tanto luxemburgueses como de outros países, participaram na Flèche du Sud e até a adicionaram à sua lista de vitórias: Alex Zülle, Kim Kirchen, Bob Jungels, Tadej Pogacar, Eugène Urbany, Edy Schütz, Bradley Wiggins, Geraint Thomas, Charly Gaul, Andy Schleck... O Tour d'Avenir, o Tour de France (para citar apenas alguns) e a Flèche du Sud têm muito em comum: o vale do Kayl, Esch e o sul do país levam a tudo ;-)